Voltar para índice
 
Medicamento
Engov
Maleato de mepiramina 15,0mg � hidr�xido de alim�nio 150,0mg � �cido acetilsalic�lico 150,0mg � cafe�na 50,0mg  
Tamanho da fonte Aumentar a fonte Diminuir a fonte

 

ENGOV
maleato de mepiramina 15,0 mg . hidróxido de alumínio 150,0 mg
ácido acetilsalicilico 150,0 mg . cafeína 50,0 mg

Forma farmacêutica e apresentação:
Comprimido. Display contendo 25 envelopes com 6 comprimidos.

USO ORAL

USO ADULTO

Composição: cada comprimido contém:
maleato de mepiramina (DCB 5652) ...................................................... 15,0 mg
hidróxido de alumínio (DCB 4694) ........................................................ 150,0 mg
ácido acetilsalicílico (DCB 0089) .......................................................... 150,0 mg
cafeína (DCB 1642) ................................................................................ 50,0 mg
excipiente* q.s.p ............................................................................. 1 comprimido
*amido, sacarose, corantes CI nº 19.140, 16.185 e 73.015, dióxido de silício e estearato de magnésio.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE: ação esperada do medicamento: o produto é uma associação medicamentosa, que combina a ação analgésica do ácido acetilsalicílico, e a leve ação estimulante da cafeína, com a atividade anti-histamínica/antiemética do maleato de mepiramina, contando ainda com a ação antiácida do hidróxido de alumínio. Seu médico é a pessoa adequada para dar-lhe mais informações sobre o tratamento; siga sempre suas orientações. Não devem ser utilizadas doses superiores às recomendadas. A interrupção repentina deste medicamento não causa efeitos desagradáveis, nem risco, apenas cessará o efeito terapêutico.

Cuidados de armazenamento: evitar calor excessivo (temperatura superior a 40°C) e proteger da luz e umidade.

Prazo de validade: VIDE DISPLAY/ENVELOPE Ao comprar qualquer medicamento, verifique o prazo de validade. Atenção: não use medicamento com prazo de validade vencido. Além de não obter o efeito desejado, você poderá prejudicar sua saúde.

Gravidez e lactação: informe ao seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informe ao médico se está amamentando.

Cuidados de administração: o comprimido deve ser ingerido com quantidade suficiente de água para permitir a correta deglutição.

REAÇÕES ADVERSAS: SE OCORREREM MAL-ESTAR GASTRINTESTINAL, O TRATAMENTO DEVERÁ SER INTERROMPIDO E O MÉDICO CONSULTADO IMEDIATAMENTE. INFORME AO SEU MÉDICO O APARECIMENTO DE REAÇÕES DESAGRADÁVEIS.

“TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.”

CONTRA-INDICAÇÕES: O PRODUTO É CONTRA-INDICADO PARA PACIENTES QUE APRESENTAREM ANTECEDENTES DE HIPERSENSIBILIDADE A QUALQUER UM DOS COMPONENTES DA FÓRMULA.

PRECAUÇÕES: A ADMINISTRAÇÃO DO PRODUTO DEVE SER CUIDADOSA EM PACIENTES PORTADORES DE DOENÇAS CRÔNICAS, SOB RIGOROSA SUPERVISÃO MÉDICA.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS: características químicas e farmacológicas: o maleato de mepiramina é um fármaco com atividade anti-histamínica, conhecido também com o nome de maleato de pirilamina. Os anti-histamínicos neutralizam o excesso de histamina através do mecanismo de competição. No produto ENGOV, o maleato de mepiramina é utilizado como componente ativo que exerce ação inibitória de espasmos (contração da musculatura lisa) que provocam náuseas e vômitos. Essas contrações, são genericamente denominadas cinetoses. O hidróxido de alumínio é um fármaco de atividade antiácida. O hidróxido de alumínio, pertence à categoria de neutralizantes gástricos de ação local. No produto ENGOV, o hidróxido de alumínio é utilizado como antiácido e demulgente, neutralizando a hiperacidez estomacal, bem como reduzindo eventuais efeitos irritantes da mucosa gástrica gerada pelo ácido acetilsalicílico. O ácido acetilsalicílico pertence ao grupo dos analgésicos antitérmicos, substâncias que atuam concomitantemente sobre o lóbulo prefrontal-tálamo óptico e seletivamente sobre o centro térmico, promovendo a diminuição da temperatura corporal em estados febris, além de promover analgesia. Sua associação com cafeína, em função de suas específicas atividades farmacológicas, resulta numa combinação de efeitos terapêuticos. A cafeína é um fármaco psicanaléptico que atua como discreto excitante psicomotor. Tem ação como um adjuvante analgésico, associado ao ácido acetilsalicílico, indicado na remissão de cefaléias.

Indicações: no tratamento das cefaléias, da alergia e da cinetose. Ajuda no alívio dos sintomas de ressaca, enxaqueca e enjôo.

CONTRA-INDICAÇÕES: O ENGOV É CONTRA-INDICADO PARA PACIENTES QUE APRESENTAREM ANTECEDENTES DE HIPERSENSIBILIDADE A QUALQUER UM DOS COMPONENTES DA FÓRMULA. A ADMINISTRAÇÃO DEVE SER CAUTELOSA NOS PACIENTES COM FUNÇÃO RENAL COMPROMETIDA. COMO OCORRE COM OUTROS MEDICAMENTOS, NÃO SE RECOMENDA O USO NOS TRÊS PRIMEIROS MESES DE GESTAÇÃO, EM CASOS DE NECESSIDADE, PROCURE SEU MÉDICO. NÃO É RECOMENDADO PARA USO EM CRIANÇA.

PRECAUÇÕES/ADVERTÊNCIAS: “CRIANÇAS OU ADOLESCENTES NÃO DEVEM USAR ESSE MEDICAMENTO PARA CATAPORA OU SINTOMAS GRIPAIS ANTES QUE UM MÉDICO SEJA CONSULTADO SOBRE A SÍNDROME DE REYE.”

“Este produto contém o corante amarelo de TARTRAZINA (FD&C nº 5) que pode causar reações de natureza alérgica, entre as quais asma brônquica, especialmente em pessoas alérgicas ao ácido acetilsalicílico.“

“DURANTE O TRATAMENTO, O PACIENTE NÃO DEVE DIRIGIR VEÍCULOS OU OPERAR MÁQUINAS, POIS SUA HABILIDADE E ATENÇÃO PODEM ESTAR PREJUDICADAS.”

ATENÇÃO DIABÉTICOS: CONTÉM AÇÚCAR.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS: O EFEITO DO HIDRÓXIDO DE ALUMÍNIO SOBRE A ABSORÇÃO DE OUTRAS DROGAS É MUITO INCERTO POIS EXISTEM MUITAS VARIÁVEIS QUE PODEM SER DETERMINANTES DO EFEITO GERAL. A ADMINISTRAÇÃO DE HIDRÓXIDO DE ALUMÍNIO, INTERFERE OU REDUZ A ABSORÇÃO DE ALGUMAS DROGAS INCLUSIVE AGENTES COLINÉRGICOS, BARBITURATOS, DIGOXINA, QUININA, QUINIDINA, VARFARINA, TETRACICLÍNOS E VITAMINAS. ALGUNS EFEITOS DO ÁCIDO ACETILSALICÍLICO NO TRATO GASTRINTESTINAL PODEM SER POTENCIALIZADOS PELO ÁLCOOL. PODE SER AUMENTADA A ATIVIDADE DOS ANTICOAGULANTES ORAIS, COMO DOS CUMARÍNICOS E A ATIVIDADE HIPOGLICEMIANTE DAS SULFONILURÉIAS. OS ANTICOAGULANTES PODEM ACENTUAR O EFEITO HEMORRÁGICO DO ÁCIDO ACETILSALICÍLICO SOBRE A MUCOSA GÁSTRICA. O ÁCIDO ACETILSALICÍLICO DIMINUI O EFEITO DOS AGENTES URICOSÚRICOS COMO A PROBENECIDA E A SULFINPIRAZONA. BARBITÚRICOS E OUTROS SEDATIVOS PODEM MASCARAR OS SINTOMAS RESPIRATÓRIOS DA SUPERDOSAGEM COM ÁCIDO ACETILSALICÍLICO E TEM SIDO RELATADO AUMENTO DA TOXICIDADE DAQUELES.

REAÇÕES ADVERSAS E EFEITOS COLATERAIS: O USO PROLONGADO DO ÁCIDO ACETILSALICÍLICO EM ALTAS DOSES TEM SIDO ASSOCIADO COM NECROSE PAPILAR RENAL. GRANDES DOSES DE HIDRÓXIDO DE ALUMÍNIO PODEM PROVOCAR OBSTRUÇÃO INTESTINAL, PRINCIPALMENTE EM PACIENTES COM PROBLEMAS RENAIS AGUDOS.

Posologia e modo de usar: tomar 1 a 4 comprimidos por dia.

Superdosagem: na eventual superdosagem acidental, imediatamente suspender a medicação e procurar assistência médica.

Pacientes idosos: não foram relatadas restrições quanto ao uso do produto em pacientes maiores que 65 anos de idade.

“SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR; NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA.”

Número do lote, data de fabricação e prazo de validade: vide display

Reg. MS - 1.7287.0036 - Farmacêutico Resp.: Dr. Carlos Takashi Maki - CRF-SP nº 5606
Hypermarcas S/A Av. Fernando Cerqueira César Coimbra, 1000 - Barueri - SP

CNPJ 02.932.074/0013-25 - Indústria Brasileira - Marca Registrada

 


ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR
080077-17017 LIGAÇÃO GRATUITA